7 de set de 2013

Hate That I Love You - Tudo que você pedir

"A vida não é um jogo, mais segue os mesmo princípios"
- Capitulo 8 -

Justin eu...
tudo bem, não precisa dizer nada, agora vem aqui.

Justin puxou a ruiva virando-a e ficando sobre a mesma, a ruiva corou com o ato e com o olhar de Justin  sobre si, Justin sorriu sapeca ao vê-la corar, abaixou o rosto
dando pequenos beijos pelo pescoço da ruiva, a mesma suspirou com o toque dos lábios frios de Justin sobre sua pele quente.
Justin desceu seus beijos pelo pescoço, passando pelo ombro, carinhoso, é o que iria ser., já chega de machucá-la por nada, isso já passou...
puxou-a levantando-a , apenas o suficiente para tirar-lhe a blusa _seu sorriso me encanta_ sussurrou baixinho. deitou-a novamente e tirou a própria blusa, Konan respirou fundo diante de tal visão, segurou-se bravamente pra não ter uma hemorragia nasal, não seria legal isso acontecer logo agora, pode evitar a hemorragia nasal, mais não pode evitar corar, Justin sorriu, adorava quando ela corava, adorava mais ainda quando ela sorria pra si, mais somente pra si...
_Seus olhos me hipnotizam_ jogou a blusa em um canto do quarto e a beijou, passeou por todos os cantos de sua boca fazendo-a suspirar baixinho, levantou-se ficando de joelhos e puxou a calça de Konan, jogou em um canto qualquer fazendo-a se juntar a sua blusa e sorriu vendo a timidez de Konan para consigo, não lembrava que Konan era tão timída, porém, achava adorável seu jeitinho quase que infantil, _seu cheiro me deixa louco_ sussurrou mais uma vez beijando-a e cheirando-a por todo o pescoço,hora ou outra distribuindo mordidas e chupões só pra ter um suspiro mais alto de Konan, a garota ia a loucura com cada toque, e Justin.. sabe exatamente o que está fazendo. separou-se da garota ouvindo um protesto vindo dela e riu baixinho se levantando da cama, Konan o olhou confusa mais sua confusão acabou ao vê-lo tirar a própria calça ficando apenas de cueca, céus, era a visão do paraíso, mais um paraíso só de Konan, e assim como ele, ela também não aceitaria dividir.
Justin deitou sobre sua ruivinha novamente e desceu seus beijos pelo ombro dando uma atenção especial ao seios já descobertos, Konan mesmo sem saber, facilitou seu trabalho ao optar por não usar sutiã em tal dia, Konan gemeu baixinho ao mesmo tempo em que corava enquanto Justin carinhosamente acariciava seus seios com a boca, depois de tamanha atenção aos mesmos desceu pela barriga pálida dando leves beijos e passando a língua apenas para enlouquecer sua ruivinha que já gemia livremente abaixo de si. _sua voz me faz te desejar _ sussurrou levando as mãos a barra da calcinha de Konan, puxou-a, descendo-a lentamente pelas pernas de Konan, dando beijos pelo caminho que a calcinha fazia, ao término jogou-a no chão sem se importar com onde ela pararia _a cada vez que te olho me dá uma vontade insana de te ter só pra mim_ proferiu em seguida se levantando e tirando a própria cueca, deitou-se novamente sobre Konan, ambos gemeram com o contato dos corpos sem nenhuma pessa de roupa _quando alguém se aproxima de ti, minha vontade é trucidá-lo, por quê eu não aceito te dividir com ninguém, seja ele ou ela quem for_ Konan se arrepiou com o tom possessivo usado por Justin, mais um arrepio gostoso, de realização talvez..?  por finalmente tê-lo pra si. _por quê você é minha, minha e somente minha_ sussurrou mais uma vez possessivamente e então a adentrou, Konan gemeu junto a Justin, o mesmo moveu-se vagarosamente, não precisa ser violento pra
ser gostoso, saia quase por completo pra em seguida entrar de novo bem devagar, torturando Konan que contorcia-se de prazer.

pessa Konan, eu quero que pessa -Justin proferiu com a voz rouca-
Ju-jus, não faz assim comigo. -pediu manhosa-
pessa, me diga o que você quer. -sorri travesso-
eu quero você, quero te sentir com mais força dentro de mim, quero que me faça gritar de prazer. -falou tudo em um folego só corando ao final.-
tudo que você pedir -sorri travesso-

Justin riu e começou a penetra-la com mais força da forma que lhe foi pedida, alargou o sorriso ao ouvir Konan gemer mais alto, ficou naquele frenético movimento ate cansar, sentou-se na cama puxando Konan , em nenhum instante saindo da mesma, encostou-se na parede procurando apoio e apertou as mãos na cintura de Konan que gemeu com a "pequena" brutalidade, levou os braços ao pescoço de Justin enlaçando-o para se apoiar e começou a se mover, rebolando sobre Justin que gemeu mais alto ao sentir ir mais fundo dentro da mesma, Konan movia-se rapidamente, em movimentos precisos em quanto gemia no ouvido de Justin e hora outra mordia-lhe o 
ombro, em um gemido mais alto de Konan Justin derramou-se dentro da mesma, Konan ao serti-se preenchida por Justin acabou por fazer o mesmo.
ambos caíram exaustos na cama, suspirando pesadamente tentando recuperar o ar que se quer aviam percebido ter perdido, Justin saiu de Konan e a abraçou sussurrando "eu te amo" segundos antes de pegar no sono.

...

+20 Comentários?
oi, sumi por muito tempo né, desculpem por isso, mil desculpas mais prometo que agora não deixo mais vocês ok, comentem para o próximo capsentiram minha falta? *-*
quanto a história plagiada pela Giovana ela vai pedir desculpas a dona da história no próximo cap não é mesmo Giovana?