12 de mai de 2013

Estrela Cadente - Cap 14

Nosso momento , somente nosso -

encontrava-me assistindo a um filme com a Sunny, tinha 2 dias de folga da turnê e aproveitar com ela pra mim é o melhor.

- Sunny
- oi amor -ela me olhou- 
- é que... você acha que poderíamos , er... você sabe.
- o que? 
- nós , poderíamos avançar na nossa relação? -perguntei um pouco corado-
- Justin eu não to entendendo. 
- eu quero fazer amor com você.

fui direto já que entre linhas ela não estava entendendo
a mesma corou violentamente virando o rosto pro lado e eu sorri com a ação. vou levar isso como um sim.

- amor -sussurrei ficando por cima dela sobre o sofá-
- sim? -desvia o olhar-
- você é virgem? 
- -suspira- não -sussurra-

OK, essa noticia me abalou um pouco, eu realmente achei que seria seu primeiro homem, mais tudo bem, ela não é virgem mais é comigo que está agora, e isso é o que realmente importa. 

- eu te amo

sussurrei apenas pra vê-la dá um sorriso lindo que iluminaria meu dia caso fosse preciso

- eu te amo mais.

sorri beijando-a, beijei seus doces lábios com carinho, tocando-os como se fossem cristal, tocando-a como se fosse feita de cristal, minhas mãos passeavam por todo seu corpo, explorando cada pedaço dele, desci meu beijos por seu pescoço, mordendo, sugando e em seguida lambendo o local ouvindo um gemido baixo por parte dela, sorri e repeti o processo descendo as caricias pro seu ombro, sua pela emanava um cheiro de sabonete que me deixava embriagado me fazendo querer ir mais fundo ao que estávamos fazendo, sentei trazendo-a junto, beijei sua boca e puxei sua blusa pra cima, larguei seus lábios apenas pra tirar a peça que no momento era muito incomoda, ela levou as mãos um pouco tremulas a barra da minha blusa e um pouco corada subiu as mãos levando minha blusa junto, jogando-a no chão, sorri voltando a beijá-la, puxei sua calça tirando-a de seu corpo e a vi corar envergonhada, ela com certeza não tinha noção do quão linda ficava daquele jeito, levantei apenas pra tirar o resto da roupa que nos impedia de continuar o ato, a única peça de roupa que ainda nos impedia era sua calcinha, Sunny olhava pro lado sem coragem de me encarar, estava realmente envergonhada, sorri e desliguei a luz pra faze-la se sentir a vontade, puxei sua peça intima jogando-a no chão e deitei sobre seu corpo, gemi baixinho com o contato do meu corpo com o seu, posicionei-me e entrei devagar ouvindo-a gemer baixinho e apertar as unhas curtas em minhas costas, suas pernas entrelaçaram em minha cintura nos dando um contato ainda maior, fazendo consequentemente nossos gemidos aumentarem, me movimentava de um modo que desse prazer a nós dois, nem rápido nem devagar, apenas, normal, , gemiamos juntos, hora ou outra trocando beijos necessitados , sua voz gemendo pra mim era uma doce melodia, nossos gemidos ecoavam por todo o local, mais não nos importávamos se alguém por acaso ouvisse, aquele era o nosso momento, somente nosso.


...

Continua...


" Como vocês sabem a maioria das minhas histórias termina no cap 15, e com essa não vai ser diferente, histórias longas de mais pra mim acabam ficando sem sentido, essa história terá segunda temporada. "


Só 9 comments? decepcionei agora =(