2 de mai de 2013

Estrela Cadente - Cap 11

- Wilmer -

- o que queria falar comigo amor?

perguntou o noivo de Sunny entrando no apartamento da mesma.

- senta - ela apontou pro sofá-
- pronto, agora me fala - proferiu curioso-

Sunny sentou-se ao lado dele e segurou sua mão.
estava receosa quanto a terminar tudo, estava com medo, sabia o quanto o noivo era violento, ele avia batido na mesma algumas vezes, ela sempre disfarçava as marcas roxas com maquiagens e sorrisos falsos, maldita hora que fora apresentada a ele por uma amiga, no começo ele era o que qualquer garota desejaria,  mais depois, depois do namoro, depois da primeira vez juntos ele mostrou quem realmente era, fora obrigada por sua mãe a aceitar o pedido de casamento, sua mãe vivia dizendo-lhe que ele era um bom rapaz e para não decepcioná-la acabou aceitando.

- Sunny

foi tirada de seus devaneios ao ouvir a voz dele

- ah, amor -sorri forçado- você sabe que eu gosto muito de você não sabe?
- Sunny, vá direto ao ponto -pediu sem paciência- 
- eu quero terminar o noivado.
- logo agora que falta menos de um mês e que já está praticamente com tudo preparado? você está de brincadeira com a minha cara?

gritou se levantando furioso.

- não, calma Wilmer, não é bem assim.
- quem é ele? -perguntou possesso -
- como assim? do que você tá falando?
- quem é o filho da puta pelo qual você está me trocando? -gritou-

puxou-a do sofá e a empurrou contra a parede com força fazendo-a gemer de dor.

- vai embora Wilmer, me deixe em paz -gritou já chorando- 

o mesmo desferiu um tapa forte na face da garota deixando instantaneamente roxa e um pouco de sangue espirrou do canto da boca de Sunny, ainda com raiva jogou-a contra o chão.

- vadia, é isso que você é.

gritou para então sair batendo a porta, apesar de mais uma vez ter apanhado, suspirou aliviada por ele ter ido embora e não ter prolongado aquela tortura, levantou-se com um pouco de dificuldade, sentiu-se tonta, sentou no sofá e ligou a TV pra abafar o som de seu choro que vinha com força apenas por lembrar-se do que passou com o canalha que chamava de noivo, viu começar uma entrevista com Justin na TV, olhava atentamente pra ele sentindo as lágrimas virem com mais força. 
precisava dele, precisava dele agora.

...

Justin encontrava-se sentado em seu sofá assistindo a um programa qualquer, não fazia muito tempo que tinha chegado de uma entrevista..
ouviu batidas na porta e a contra gosto levantou pra atender, não estava esperando ninguém..
abriu a porta e levou um susto.

- Sunny? 

a garota tinha um lado do rosto roxo e inchado, um corte no canto da boca que ainda sangrava e uma marca roxa no braço, a mesma chorava compulsivamente..
Justin saiu de seus devaneios e a abraçou , Sunny o apertou escondendo o rosto em seu pescoço ainda chorando.
Justin fechou a porta caminhando com ela até o sofá e sentando-se com ela ali.

- o que aconteceu meu amor?
- meu noivo -sussurrou entre um soluço e outro- 
- noivo?
- eu.. eu estava noiva, minha mãe meio que me obrigou a casar com ele, mais hoje , quando terminei tudo ele ficou possesso e me bateu, mais eu não o queria mais Justin, é você que eu amo.
- calma meu amor, eu to aqui agora e é isso que importa -beija-lhe o topo da cabeça- e eu também terminei com a Selena, expliquei que amava outra pessoa e ela entendeu perfeitamente, agora somos só amigos.
- eu te amo..
- eu também te amo

o mesmo levantou-se puxando-a e levando-a pro quarto, um bom sono iria fazer bem a ela.
ficou acariciando-lhe os cabelos até vê-la pegar no sono, a embrulhou e sorriu vendo-a dormir tranquilamente. 
deitou-se direito ao lado dela e ficou ali, velando o sono de sua amada.

[ ... ]

Justin e Sunny estavam sentados assistindo TV, a mesma já encontrava-se mais tranquila, na verdade, a presença de Justin trazia-lhe paz, era bom ficar com ele.

- amor.
- oi - respondeu Sunny o olhando e sorrindo-
- tira uma foto comigo?
- mais pra quê ? 
- quero postar no meu instagram.
- mais Justin, e se..
- por favor -faz bico-
- Justin suas...
- pelo amor que você sente por mim.

Sunny revirou os olhos

- chantagista.
- -sorri- vou levar isso como um sim.

o mesmo pegou o celular e sentou-se novamente com Sunny passando o braço em volta do pescoço da mesma.

- agora sorria amor -proferiu Justin para então tirar a foto-
- deixa eu ver -pediu Sunny curiosa-
- espera amor

Justin editou algo na foto e então mostrou a Sunny que sorriu

- perfeita -sussurrou Justin-
" Nem o mar consegue chegar ao tamanho do amor que sinto por você.."

Sunny sorriu ao ler a legenda mais logo a preocupação apareceu

- você sabe o que vai causar se postar essa foto -proferiu Sunny preocupada-
- eu sei, mais quero que o mundo todo saiba que eu te amo 

Continua...



Respondo aos comentário do cap 10 no próximo cap por quê hoje to sem tempo..