24 de mar de 2013

Fora de Controle {6}

De certa forma, é tudo uma questão de tempo.

Eu: o que você quer?
Diretora: o que eu quero? o que eu quero? -rir irônica- me livrar de você mais por ter assinado o maldito contrato com sua mãe não posso.

será que todos tendem a querer se livrar de mim?

Eu: eu posso fugir, minha mãe não vai precisar saber que é por quê você quer.
Diretora: isso seria fácil de mais tratando-se de você.
Eu: e o que vai fazer?
Diretora: você vai passar a ajudar o professor Justin em tudo que ele precisar.
Eu:  ah não, por favor me mata, é bem melhor do que ficar com ele.
Diretora: saia

bufei e levantei saindo da sala

...

Eu: então o que quer que eu faça?

me encontrava na biblioteca junto ao Justin

Justin: arrume aquela prateleira
Eu: claro -sorri travessa-

peguei todos os livros e os joguei dentro do lixeiro da biblioteca, peguei meu esqueiro e acendi uma folha, logo o fogo começou a se alastrar por todos os livros não dando nem mesmo pra que Justin os pegasse.

Justin: por quê fez isso? o que você tem na cabeça afinal garota? eu já to cansado, durante todo o mês venho tentando ser seu amigo, tentando te ajudar.
Eu: eu não pedi sua ajuda.
Justin: e o que você é Samantha? uma rebelde sem causa que odeia a sociedade? existem pessoas por ai que tem problemas de verdade mais isso não as fazem agir como uma maluca que é exatamente como você vem agindo.

suas palavras atingiram-me como mil agulhas, eu tenho que admitir, com o mês acabei me apegando a ele, ele sempre faz idiotices pra tentar me fazer sorrir quando estou séria, eu não rio, pelo menos não na frente dele, ele me ajuda nas matérias em que eu tenho dificuldade mesmo sem eu pedir ou sem eu querer, ele senta comigo na cantina só pra eu não ficar sozinha, ele vai todas as noites me desejar uma Boa noite só pra que eu sinta que tenho alguém, ele mentiu dizendo que minha mãe ligou-me apenas pra tentar me fazer um pouco feliz,  e só agora eu consigo ver claramente, eu me apaixonei da forma mais idiota possível por esse boboca....

fiquei o olhando enquanto ele falava algo que eu nem se quer estava ouvindo, sorri de canto e me aproximei dele enlaçando seu pescoço com os braços e tomando seus lábios em um beijo, minha língua passeava pela sua boca sem hesitação e nem por um instante ele tentou me impedir de prosseguir com tal ato, separei-me ofegante e ele me olhou com um sorriso, mais algo me chamou a atenção, seu sorriso, ele era falso, com o tempo aprendi a ler as pessoas, a ver quando falam a verdade ou mentem, a ver se seus sorrisos são falsos ou verdadeiros, e aquele sorriso dele deu-me uma pulga atrás da orelha, virei-me e sai dali perguntando-me o por quê de seu sorriso pra mim não ser verdadeiro.

 [ ... ]


ouvi pequenas batidas na porta do dormitório, sentei-me na cama já sabendo quem seria.

Justin: Boa noite

sorriu entrando no dormitório e beijando minha testa

Eu: você esconde algo Justin?
Justin: nã-não -respondeu nervoso-
Eu: seus sorrisos são falsos -proferi o encarando- 
Justin: não são não Samantha -sorri-

e mais um de seus sorrisos , e vê que os sorrisos não são verdadeiros, vê que escondem uma grande mentira, isso me irrita profundamente porém fiquei calada, e me deitei cobrindo-me por completo

Justin: eu trouxe algo pra você -põe algo em cima de mim- te vi cantando, acho que vai gostar.

 ouvi a porta bater e tirei o cobertor do meu rosto e vi um panfleto , peguei-o, era de um pequeno show que aconteceria em algumas semanas, o show ia arrecadar fundos pra um pequeno orfanato, tinha somente que apresentar uma música própria, eu só teria que escrevê-la , e no momento, tudo o que não tenho é inspiração. 

...

estava sentada no terraço com Justin abraçando-me por trás, como o show seria em uma semana a diretora deixou que todos se preparassem por que todos iriam participar.

evitar Justin era impossível, eu sou apaixonada por ele, e ele bom... é adoravelmente irritante, e o fato de ele conseguir me irritar, de conseguir arrancar uma reação de mim, é o que me faz querê-lo ainda mais, e agora estou eu aqui, com ele grudado em mim, mais não me culpe, eu até tentei me afastar, mais ele não deixa, ele não me dá chances pra fazer isso, e isso me irrita e me deixa feliz, tudo ao mesmo tempo, e talvez eu seja um pouquinho bipolar, ou talvez muito.

Justin: você já namorou antes? -tirou-me dos meus pensamentos-
Eu: já -respondi sem interesse na pergunta-
Justin: e o que aconteceu? -ele parecia mesmo curioso-
Eu: não deu certo -pra que dá detalhes?-
Justin: é? por quê? -que cara curioso-
Eu: onde quer chegar com isso? -perguntei irritada com tantas perguntas-
Justin: nada, eu só queria saber.
Eu: você já sabe tudo o que precisa saber. -fui curta e grossa-

...


E ai amores, o que acharam do novo visual do blog, dei mais vida a ele, na minha opinião estava muito apagado, acho que a história só vai até o cap 8, mais não se preocupem, terá 2ª Temporada, e hoje, com tempo de sobra, vou responder aos comentários(que não são muitos).

1- Obrigado amor, continuo sim.

2- shahsua perfeição? tá é longe =(, continuo princesa.

3- continuo sim, sou fã de escrever história com meninas sem noção(ou quase isso).

4- Perfeição? acho que não em.. shausha , obrigado more, continuando.

5- Perfeito acho que não, mais to tentando, continuando..

6- shaush continuando, pode falar lá no facebook que eu te respondo assim que puder. 

7- perfeito ainda não, mais eu até que tento *-*, continuando.

8- continuei mô.

9- awwn, obrigado princesa, awwn, awwn, awwn, que ninda, existe mais fofa? ♥ diva é você amor, continuei.

10- continuei princesa.

11- Continuando amor.

12- shaushua, duas, ri enquanto escrevia, sahsua quem sabe um dia né? obrigado amor, obrigado mesmo ♥,  infelizmente não dá pra fazer caps maiores por quê já tá nos últimos caps e a história é muito pequena, quem sabe na segunda temporada.

13- continuei ♥

14- shaushua awwn, perfeita quem sabe um dia *-*.

15- to chegando lá, continuei.