5 de nov de 2012

Just a Bitch 「13」

"Às vezes, o melhor que podemos fazer é pedir desculpas, e deixar o passado no passado."

Carly  P.O.V

Acordei no meio da noite ao sentir uma pontada forte em minha barriga, olhei no relógio e o mesmo marcava 3:30 da manhã.

Eu: Justin, acorda -o balancei- Justin
Jus: me deixa dormir -se vira de costas-
Eu: Justin por favor.

ele se remexeu na cama e sentou-se ligando a abajur.

Jus: Carly? você está suada, o que aconteceu? 
Eu: eu to sentindo pontadas muito fortes na minha barriga, ai -gemi ao final da frase-
Jus: tá doendo muito?
Eu: si-sim , ai, tá doendo muito Justin.
Jus: olha, se acalma, respira , ai meu Deus o que eu faço.
Eu: Justin -sussurrei-
Jus: se acalma ok? eu vou ligar pro médico. 
Eu: mais são 3:00 da manhã.
Jus: o médico da família Bieber atende a qualquer momento.

ele pegou o telefone, falou no mesmo por pouco tempo e voltou pro meu lado, segurei sua mão e a apertei...
depois de alguns minutos de espera um médico entrou no quarto.

Jus: e ai Brandon
Brandon: e ai Justin -lha pra mim- como se sente?
Eu: mal
Brandon: pode nos deixar a sós Justin?
Jus: claro.

Justin P.O.V

sai do quarto..
estava nervoso, preocupado, Carly está assim por minha culpa.

...

depois de meia hora de espera Brandon saiu do quarto.

Eu: como ela está?
Brandon: ela fez algum esforço?
Eu: er... sim
Brandon: no estado em que ela está não é bom que faça nenhum esforço, dei um comprimido pra dor e conversei um pouco com ela, o comprimido a deixá-rá sonolenta mais não se preocupe, isso é normal.
Eu: obrigado Brandon
Brandon: cuide dela Justin -falou sério e saiu-

entrei no quarto e deitei na cama por trás da Carly a abraçando.

Eu: como se sente?
Carly: melhor -sussurrou-

Dia seguinte

acordei primeiro que a Carly, sorri ao vê-la dormindo como um anjo e me levantei, fiz minha higiene, desci , preparei uma bandeja de café da manhã e subi novamente...
Carly estava sentada, parecia ter acabado de acordar.

Eu: bom dia amor
Carly: do que me chamou?
Eu: de amor, desculpa se não gostou.
Carly: não -sorri- eu gostei
Eu: seu café -a entreguei a bandeja-
Carly: obrigado
Eu: quando terminar quero te mostrar um coisa.
Carly: tudo bem! 

...

assim que ela terminou o café a puxei pela mão, caminhamos e paramos em frente a porta do quarto escuro.

Carly: Justin, você não vai me colocar ai né? por favor não.
Eu: Calma, eu não vou te fazer nada.
Carly: então...?
Eu: feche os olhos

ela fechou os olhos e eu a abracei por trás guiando-a pra dentro do quarto.

Eu: abra os olhos -sussurrei-

ela abriu os olhos e ao ver o quarto que seria dos nossos filhos seus olhos encheram-se de lágrimas.

eu iria mostrar a ela quando voltássemos daquela festa, mais como aconteceu aquilo decidi esquecer um pouco, mais eu precisava mostrar pra ela, simplesmente precisava.

Carly: Justin -vira me abraçando-
Eu: não é lindo? -sussurrei- 
Carly: seria perfeito.


Oi minhas lindas, podem me matar, eu juro que deixo, desculpem pela demora, me desculpem mesmo, é que eu ando muito ocupada. sinto muito princesas, mais tá ai mais um cap, espero que gostem *-*.