18 de ago de 2012

Proibido 2ª Temporada       -Cap 1


::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Pai: Justin

Ouvi papai gritar do andar de baixo interrompendo minha transa, sai de dentro da vadia e a empurrei fazendo-a cair de bruços na cama. vesti rapidamente uma cueca e uma bermuda e desci as escadas bufando.

Eu: o que você quer? -perguntei irritado-
Pai: está com outra garota lá em cima? desde que a Sam morreu você vive bêbado e transando com todas que vê pela frente, quero o meu filho de volta.
Eu: ah, cala a boca seu viado de merda, quem você acha que é pra se meter na minha vida? 
Pai: eu sou o seu pai Justin, me respeite. -chora-

Daniel apareceu ao lado do papai , aproximou-se de mim e me deu um soco fazendo meu nariz sangrar na hora. 

Daniel: cale a boca seu merdinha, respeite o seu pai, desde que a Sam morreu ele faz de tudo pra te ver bem, ponha-se no seu lugar seu moleque, devia levá-lo como exemplo.

falou de um jeito que nunca o vi falar antes...
mais parece que era o que eu precisava, aquelas duras -mais verdadeiras- palavras me trouxeram a tona, me despertaram do que parecia ser um transe, me ajoelhei aos pés do papai e segurei suas mãos perto do meu rosto, e sem vergonha deixei que algumas lágrimas caíssem .

Eu: papai, de desculpe, eu não sei o que deu em mim pra agir desse jeito, acho que é a falta que a Sam me faz, eu te amo papai, me desculpa?

Ele ajoelhou-se a minha frente e me abraçou também chorando.

Pai: não aja mais assim. 
Eu: eu prometo que não.

levantei e o ajudei a levantar-se.

Eu: preciso resolver uma coisa, e Daniel... obrigado.

Deixei os dois onde estavam e subi pro quarto, entrei no mesmo devagar e encontrei Megan chorando baixinho, ao perceber minha presença rapidamente limpou as  lágrimas e se levantou.

Eu: Megan...
Megan: tudo bem, eu não vou falar nada nem pedir o beijo de despedida hoje.

falou começando a recolher as roupas dela que estavam espalhadas pelo chão, avia se passado 6 meses desde a morte da Sam, Megan estava sempre ao meu lado quando precisava, porém sempre a tratava como uma vadia, sempre que terminávamos de fazer sexo a chutava pra fora do meu quarto e dizia que não queria mais ver ela até o dia seguinte, no final ela sempre me pedia um beijo de despedida.

sentei na cama e a puxei colocando-a sentada em meu colo.

Eu: Megan... me desculpa pelo jeito que te tratei durante esse tempo, você não merecia ser tratada do jeito que te tratei, você sempre foi uma amiga pra mim quando eu precisava mais eu não te tratava como tal, me desculpe, você é linda, uma princesa e merece respeito.

ela deixou algumas lágrimas escaparem e me abraçou.

Eu: amigos? -perguntei retribuindo o abraço-
Megan: sim -sorri e enxuga as lágrimas- 
Eu: vamos tomar banho? estamos precisando. 

falei sorrindo e me levantei, ela levantou também e pulou em meu colo, entrei no banheiro e tomamos banho juntos, mais dessa vez, apenas como amigos.

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::


primeiro cap pequeno pra deixar vocês com gostinho de quero mais u.u , cês acham que a Sam morreu mesmo? ou acham que ela vai virar zumbi e retornar do além? façam suas apostas. o próximo cap será bem MAIOR, #prometo. 
~ Megan ~ 

image