13 de ago de 2012

Verdade ou consequência? - Cap 5



Justin estava cansado, não avia dormido a noite toda, tinha ficado de guarda enquanto as duas meninas dormiam, hora fechava os olhos, hora os abria,precisava mesmo descansar. 

Eve: Justin -chamou esfregando os olhos- 
Justin: sim? 
Eve: dorme um pouco, eu fico de guarda
Justin: não precisa -sorri- pode dormir, eu...
Eve: não, eu insisto, durma um pouco.
Justin: tudo bem 

o mesmo deitou-se no sofá e Eve levantou-se sentando-se...
quando Justin finalmente dormiu Eve levantou-se e caminhou indo até a porta, abrindo-a e saindo assim da enorme mansão, caminhou parando em frente ao enorme portão , pegou uma pedra e a jogou contra o mesmo vendo-a assim a mesma ficar preta, se a certa elétrica estava ligada como o policial avia entrado afinal ? 
afastou-se do portão e olhou pra cima vendo o céu estrelado, o céu estava tão lindo que por segundos esqueceu o que estava passando.
ao olhar novamente pra frente assustou-se ao ver aquele ser a alguns passos longe de si, ali estava ele, parado, como uma estatua, apenas a fitando com uma faca na mão.

Eve: porque está fazendo isso? 
Xx: você sabe o porque
Eve: não, eu não sei
Xx: não se faça de burra Eve, porque eu sei que você não é.
Eve: -sorri- é, eu não sou. 
Xx: desde quando sabe?
Eve: desde que cortou o pescoço da Melody.
Xx: e seus amigos já sabem? 
Eve: eu não contei pra eles.
Xx: e vai contar?
Eve: vai me matar?
Xx: ainda não, estou preparando a sua morte.
Eve: vamos ver quem morre primeiro -sorri- 
Xx: você é a culpada Eve
Eve: não, não sou, a ideia não foi minha. 
Xx: mais você ajudou
Eve: eles eram meus amigos, eu não podia ir contra eles. 
Xx: sua vadia

gritou correndo em direção a Eve que por instinto começou a correr também, porém caiu ao tropeçar em uma pedra, como não aprendeu nada com os filmes de terror? olhe sempre para os pés antes de correr pra não correr o risco de cair e ser pega pelo assassino. 
sentiu-se ser bruscamente virada de frente e aquele ser ficar sobre si com a faca em seu pescoço, respirou fundo e uma lágrima lhe escapou molhando sua face.

Xx: agora você vai morrer. 
Eve: me desculpe  -sussurrou de olhos fechados-

a aperto da faca em seu pescoço diminuiu e ela sentiu-se aliviada. 

Xx: é tarde de mais pra pedir desculpas 

e quando ia cortar o pescoço da mesma sentiu-se ser empurrado bruscamente, ao virar avistou Justin.

Justin: vamos, agora

gritou puxando Eve consigo e voltando pra dentro de casa trancando a porta rapidamente. 

Justin: o que estava fazendo lá fora? -pergunta visivelmente irritado- 
Eve: eu.. eu queria sair um pouco
Justin: sair um pouco? -rir sem humor- você acha o quê? que estamos de férias? 
Eve: eu não disse isso ok? eu só queria esquecer um pouco o que estava acontecendo
Justin: e olha no que deu, você quase ia morrendo
Eve: ele não ia me matar
Justin: e como tem tanta certeza? 
Eve: eu.. eu não sei -abaixa a cabeça- 
Justin: não sabe? não sabe? por acaso você perdeu a noção do perigo? -grita- 
Eve: não grita comigo -chora-
Justin: mais que porra, você quase foi morta, eu não posso te perder, será que dá pra entender isso?
Eve: vo-você não pode me perder? 
Justin: eu.. quer dizer nós, nós não podemos te perder, Liza sentiria sua falta e...
Eve: Justin -sussurrou o abraçando-
Justin: não saia mais sozinha, não até sairmos daqui
Eve: certo, eu prometo. 
Justin: obrigado -a beija na testa-
Eve: onde está a Liza?
Justin: a levei pro quarto, lá ela ficará mais confortável
Eve: certo, então vamos pra lá, preciso dormir um pouco, ser quase morta cansa -rir-
Justin: -rir- deve cansar mesmo.

Ambos caminharam até o quarto onde Justin disse que avia deixado Liza, porém ao chegarem lá não a encontraram, procuraram no banheiro, no closet e até de baixo da cama e nada, procuraram por toda a enorme mansão , por fim, ao não a encontrarem optarão por procurá-la do lado de fora, saíram da casa e caminharam até o enorme portão, onde teriam uma vista melhor do lugar, um grito desesperado os chamou atenção, viraram-se vendo assim  Liza em pé no corrimão da sacada, estava com uma corda presa ao pescoço, a corda também estava presa ao corrimão, por trás dela estava aquele ser que os atormentava.

Xx: ora ora, se não são meus amigos 
Eve: solte-a , agora.
Xx: apenas diga pra mim matá-la e eu a solto.
Liza: me ajudem 
Eve: eu não vou dizer isso.
Xx: diga ou eu a mato. 
Justin: diga Eve, diga.
Eve: mate-a, mate-a -grita- 
Xx: que fique claro que você mandou

falou por fim e empurrou Liza fazendo-a assim cair da sacada e ficar pendurada pelo pescoço na corda, debatia-se enquanto sentia aos poucos o ar faltar.

Eve: seu desgraçado, você disse que a soltaria.
Xx: eu menti, minto tão bem quando vocês.
Liza: me ajudem -falou quase sem voz-
Justin: vamos te ajudar.
Eve: fica calma

a sacada era alta pra que a alcançassem , e na sacada do quarto se subissem lá correriam o risco de morrer, mais por fim, Eve simplesmente decidiu que era hora de acabar com tudo aquilo.

Eve: não saia daqui

falou séria e saiu entrando na enorme mansão, foi correndo até a cozinha e pegou a maior faca que encontrou, caminhou até o quarto onde aquele ser se encontrava, avia olhado aquele quarto antes e ele não estava lá, mais bem.. isso não importava no momento, entrou no quarto dando de cara com aquele ser parado no meio da janela a encarando com a faca na mão.

Xx
Eve: já está... mais do que na hora de isso acabar.
Xx: o jogo só acaba quando eu disser cheque mate
Eve: isso é o que vamos ver

aquele ser correu em direção a Eve que desviou rapidamente porém for cortada no braço um pouco abaixo do corte anterior, não se abalou com a dor que sentiu, partiu pra cima dele com a faca e o mesmo desviou ficando de costas pra Eve e de frente pra janela, Eve aproveitou o momento de distração  e o empurrou pra frente o prendendo na sacada.

Eve: cheque... mate....

falou por fim e o empurrou da sacada vendo com orgulho ele espatifar-se no chão.

Eve: Justin segure a Liza

gritou e imediatamente cortou a corda que prendia Liza fazendo-a cair nos braços de Justin, ficou em pé no corrimão da sacada e pulou da mesma caindo em pé e ficando imediatamente de joelhos enfiando assim a faca nas costas daquele ser , queria garantir que ele não sairia dali vivo, nem a enorme dor que sentia na perna por tê-la quebrado na perna impedia que um sorriso de vitória nascesse em seus lábios.

Justin: você está bem? 

perguntou colocando Liza no chão, apesar do pouco de dificuldade pra respirar a garota estava bem, aproximou de Eve e a ajudou a levantar-se vendo a mesma gemer ao encostar o pé no chão.

Eve: quebrei a perna. 
Justin: eu levo você -a pegou  no colo- 
Liza: você vai ficar bem Eve e obrigado, você foi muito corajosa 
Eve: não me agradeça, mais se sente bem? 
Liza: sim -sorri- 
Justin: vamos embora?
Eve: como ? 
Justin: o carro do policial ainda está lá fora.
Liza: vamos

Justin sorriu pra duas e caminhou rumo ao portão, após a queda daquele ser a cerca elétrica automaticamente foi desligada. 
Liza puxou o portão o abrindo totalmente e os três passaram deixando assim pra trás aquele enorme pesadelo pelo qual passaram....

O que não imaginavam, é que mesmo depois daquela queda, aquele ser fosse levantar-se como se nada tivesse acontecido.

Xx: o jogo só acaba quando vocês sofrerem as consequências.


 tá quase no final =( pois é, mais não se preocupem por quem vem ai proibido 2ª temporada, e se me der coragem talvez ocorra uma 2ª temporada de verdade ou consequência *-*, não é certeza ok? também estou trabalhando em um outro IB, As long as you love me, bem parecido com proibido mais também não é certeza, comentem em Part of me e Perfect pras meninas poderem postar. não poderei responder os comentários hoje =/  I'm Sorry babys .

Leiam também:  You Bring Me Joy   &  Love me