16 de jul de 2012

Proibido - Cap 7





Dia seguinte

ao acordar fiz minha higiene e sai, dirigi até o banco, tirei uma grande quantia em dinheiro e segui para o hospital, dei toda a quantia que tirei do banco ao médico, com isso ele me forneceu um comprimido que me ajudaria na minha decisão, voltei pra casa e me joguei na cama...
depois de minutos Gio entrou em meu quarto.

Gio: oi princesa -beija minha testa- tudo bem?
Eu: mais ou menos 
Gio: o que foi sam? 
Eu: eu tomei uma decisão. 
Gio: qual?
Eu: eu vou tirar essa criança 
Gio: -arregala os olhos- você não pode tirar essa criança, você não tem esse direito.
Eu: eu vou tirar , e sim eu tenho esse direito, é meu filho/filha
Gio: você não vai fazer isso
Eu: vou sim 
Gio: espere aqui, eu já volto, não faça nada. -sai- 

ao vê-lo sair levantei da cama e fui ao banheiro, me despi , liguei o chuveiro e fiz exatamente o que o médico me mandou fazer.

Justin P.O.V



Papai e Daniel aviam saído pra trabalhar e eu também ia sair, então tinha que avisar a Sam que ela ficaria sozinha em casa, caminhei até o quarto dela e bati na porta 1,2,3,4 batidas 
e nada, por fim decidi entrar, não a vi no quarto então bati na porta do banheiro, como ela não deu sinal de vida abri a porta e quase cai pra trás com o que vi, Sam estava caída no 
chão em cima de uma enorme possa de sangue, junto ao sangue tinham pedaços , algo que não consegui identificar, sai de meus devaneios e a peguei em meus braços sem me importar
se me sujaria ou não. 

[ ... ]

após deixar Sam nas mãos dos médicos liguei pra papai  e Daniel avisando sobre o acontecido, e agora estamos aqui, esperando a mais uma hora...

Dr: os pais de Sam Shay -chamou se aproximando- 
Daniel: somos nós -se levanta- 
Pai: como ela está Dr?
Dr: como vocês já deviam saber ela estava grávida de 2 semanas, ela fez um aborto e acabou tendo uma hemorragia.

não só eu como papai e Daniel ficamos chocados com tal notícia, como a Sam pôde fazer isso?

Pai: ela está bem?
Dr: sim, inclusive já podem vê-la
Daniel: obrigado Dr
Dr: vou levá-los até o quarto em que ela está. 

o seguimos até o quarto em que ela estava, papai entrou com Daniel e eu decidi ficar do lado de fora.

Sam P.O.V

a porta do quarto foi aberta e eu me virei vendo papai e Daniel entrarem.

Pai: minha princesa, você está bem?
Daniel: meu amor, como está?
Eu: eu to péssima 
Pai: está sentindo dor?
Eu: sim
Daniel: onde?
Eu: no coração
Pai: não to entendendo filha

Eu: -respirei fundo- eu vou contar a verdade mais por favor não me desprezem, não sintam nojo de mim
Pai: fale filha, estamos ouvindo
Eu: -fechei os olhos- eu sou apaixonada pelo Justin desde os meus 12 anos de idade, dias atrás ele me beijou e eu correspondi, depois decidi fingir um namoro com o Gio para tentar
fazer ciúmes a Justin e quando ele descobriu foi até o meu quarto e a gente acabou transando, 2 semanas depois descobri que estava grávida e sem sombras de dúvidas Justin era o pai, 
sei porque foi com ele minha primeira vez, senti nojo de mim por está grávida do meu próprio irmão então decidi tirar a criança, depois que fiz o que o médico mandou comecei a perder sangue , me senti fraca e quando acordei estava aqui.

falei por fim e finalmente respirei, papai e Daniel me olharam espantados e o medo tomou conta de mim , e se eles ficassem com nojo de mim ? e se me desprezassem? senti os braços
quentes do papai me abraçarem e as lágrimas dele molharem meu ombro, Daniel me abraçou junto a ele.

Pai: não vamos sentir nojo de você meu amor, não vamos te descriminar, não vamos fazer com você o que fizeram com a gente.
Daniel: e mesmo isso sendo errado por serem irmãos, iremos te apoiar em todas as suas decisões. 

meu coração se aqueceu e eu permiti que um sorriso nascesse em meio as minhas lágrimas, existem pais melhores que os meus? é, acho que não, ou melhor, tenho certeza que não.

Eu: obrigado, obrigado por não me julgarem, por ficarem ao meu lado, amo tanto vocês.
Pai: também te amamos princesa
Eu: podem chamar o Justin? preciso falar com ele.
Daniel: claro meu amor

eles saíram e segundos depois Justin entrou.

Eu: eu tenho que te contar uma coisa
Jus: fala -falou sentando-se perto de onde eu estava deitada-
Eu: -respirei bem fundo e fechei os olhos- o filho que eu tava esperando era seu e não do Giovane
Jus: o quê?  -perguntou chocado- me-meu?
Eu: sim -falei com lágrimas formando-se nos meus olhos-
Jus: então como pôde tirar o nosso filho? você não tinha esse direito
Eu: eu estava esperando, é claro que eu tinha esse direito
Jus: não, não tinha, era nosso filho, você tinha que ter falado comigo antes
Eu: me desculpa -falei já chorando- tente entender meu lado, eu estava confusa, com medo, você já tinha nojo de mim antes imagine quando soubesse que eu estava esperando um filho seu.
Jus: o que achou que eu ia fazer? -perguntou com os olhos lacrimejando- te bater, te forçar a tirar a criança?
Eu: não, eu... eu só não pensei direito, me desculpa 
Jus: eu nunca -pausa- vou te perdoar


falou por fim e saiu do quarto, tentei levantar pra ir atrás dele mais acabei caindo no chão, senti meu corpo todo latejar, mais fiquei ali, não me dei ao trabalho de me levantar
sentia-me um lixo, aliás, me sentia muito pior, agora pensando melhor, como pude tirar meu próprio filho? como pude?

[  ... ]


..................................
Continua...   |  15 comentários 
...........................................................................................................
Meu Digo voltou (= , awwn bebê, senti sua falta, não suma mais u.u
como vocês já devem ter visto, está sendo postado mais um IB aqui no blog, Part of me, postado por Beki , nova moderadora, agora sou eu, Rafaela e Beki. 
quero pedir que comentem em todos os ib's amores, agradeço de coração
Amo vocês ♥
...........................................................................................................
Leiam também:
http://wwwamoralemdavidajb.blogspot.com.br/

como pediu, deixa eu falar o que achei 
eu gostei, só um conselho, não faça aquela historinha clichê onde o Justin vê a garota em uma dia e se apaixona por ela no outro, escreva um IB diferente dos outros, isso atrai mais leitores. 
...........................................................................................................
Carol: put's, amei teu comentário garota, disse tudo que uma escritora de IB quer ouvir, obrigado mesmo pelos elogios, você ser uma fofa e eu também já te amar ♥ shsuahsush

awwwwn que comentários mais PERFEITOS 
amo, amo, amo, Obrigado mesmo bebês
...........................................................................................................