27 de jun de 2012

Sequestro Cap 12 ✧ Final



-------------------------------------------------------------------------------------------------------------



 Flash Back On

Dr: como se sente Skiler? 

perguntou assim que Skiler abriu os olhos, sentiu seu corpo dolorido por isso gemeu baixinho de dor

Skiler: me sinto bem, só com um pouco de dor e ...David?
Dr: pensei que não fosse me reconhecer
Skiler: você já trabalhou na minha casa, como não iria te reconhecer?
Dr: ah, claro, agora me conta, o que aconteceu? por que tem marcas por todo seu corpo? e porque cortou os pulsos?
Skiler: longa história 
Dr: tenho todo tempo do mundo 
Skiler: tudo bem [ ... ] -conta toda a história-
Dr: minha nossa, você precisa chamar a polícia Skiler
Skiler: não, mais vou precisar da sua ajuda
Dr: pode falar
Skiler: quero que fale pra Justin que eu não resisti
Dr: eu não posso fazer isso Skiler, se descobrissem eu poderia ser demitido
Skiler: por favor
Dr: -suspira- tudo bem

Flash back Off


Skiler: foi assim que aconteceu
Eu: por que todo esse plano?
Skiler: pra me livrar de você e Damon, meu corpo não aguentava mais, meu coração não aguentava mais
Eu: Skiler, eu sinto muito por tudo que te fiz e que deixei Damon te fazer
Skiler: desculpas não fará meu coração concertar-se 
Caio: você me abandonou -falou Caio nos interrompendo-
Skiler: não meu amor, eu ia voltar pra te buscar
Eu: Caio, deixe-nos a sós
Caio: tudo bem -beija Skiler no rosto e sai-
Eu: Skiler, eu senti tanto sua falta
Skiler: não minta pra mim de novo
Eu: não estou mentindo, eu.. eu te amo
Skiler: eu também te amo mais sabe que não podemos ficar juntos
Eu: porque não?
Skiler:  depois de tudo o que fez, não dá
Eu: e se eu te consquistar?
Skiler: você pode tentar, mais sinceramente não garando que vá conseguir 
Eu: mais ainda tenho chances
Skiler: uma em um milhão
Eu: ainda assim tenho uma
Skiler: é -sorri-


[ ... ]


 dia seguinte /Skiler narrando


Caio: parabéns pra você
Justin: nessa data querida
Caio: muitas felicidades
Justin: muitos anos de vida

esse foi o meu despertador, Justin e Caio cantando parabéns pra mim

Eu: como sabiam?
Justin: sei tudo sobre você esqueceu?

falou colocando uma bandeja linda de café da manhã em meu colo

Caio: parabéns Skiler

falou sorrindo e sentou-se ao meu lado, Justin sentou-se do meu outro lado e pegou o garfo dando-me o café da manhã na boca

Eu: ponto pra você -sorri-
Justin: obrigado -sorri e me beija-
Caio: eca
Eu: -rir- um dia você vai gostar
Justin: temos mais suspresas 

falou levantando-me da cama, fiz minha higiene rápido e depois sai os encontrando, fomos até a cozinha e meus olhos brilharam , em cima da mesa da cozinha tinha um enome bolo
e em cima dele tinha escrito
Parabéns Skiler / Nós te amamos
sorri e abracei Caio depois abracei Justin e por impulso o beijei, porém, o que parecia ser o melhor dia da minha vida foi por água a baixo quando Damon saiu de trás da mesa, ele 
estava armado.

Damon: e ai família feliz
Justin: Damon?
Damon: não, o papai noel 
Eu: o que faz aqui?
Caio: to com medo Skiler

falou meu pequeno escondendo-se atrás de mim

Justin: vai embora Damon
Damon: claro "Melhor amigo", mais essa vadia ai vai comigo
Justin: ela não vai com você
Damon: claro que vai, porque se ela não for matarei você e Caio, então...
Eu: eu vou com você mais não os machuque

falei em pleno desespero, Damon sorriu vitorioso e me puxou colocando a arma na minha cabeça

Justin: deixe-a Damon, por nossa amizade
Damon: que amizade? aquela que você jogou fora?
Caio: Skiler, não vai -chora-
Eu: fique tranquilo meu amor, vou ficar bem

falei também já chorando, e quando tudo parece que vai ficar bem a vida vem e me dá uma rasteira, ao sairmos ele me jogou no carro e entrou logo em seguida dando partida, depois de uma hora na estrada finalmente chegamos a uma casa, horripilante vamos dizer assim


Entramos, ele me jogou no chão e riu trancando a porta, aproximou-se de mim e passou o cano da arma em meu rosto, estremeci ao imaginar o que ele poderia fazer , ele sentou no sofá e eu levantei e tentei abrir a porta, eu sei, era inútil afinal a mesma estava trancada, mais na  hora do desespero a gente não pensa em nada.

Eu: me deixa ir embora
Damon: mais pra quê a pressa?

falou sorrindo maliciosamente e vindo até mim, me puxou e me jogou contra a parede, senti minhas costas arderem, encostou seu corpo ao meu impedindo que meu corpo caísse, com suas mãos prendeu meus braços a cima da cabeça, e com  uma facilidade que não deveria ter tirou minha saia junto a minha peça intima, fez a mesma coisa com sua própria roupa e me penetrou sorrindo, ele ia rápido e com força.

Eu: PARE DAMON
Damon: ainda nem comecei princesa -rir-

ele me colocou em cima da mesa de centro e voltou a me penetrar

Eu: VOCÊ VAI PAGAR PELO QUE ESTÁ FAZENDO DAMON

gritei enquanto chorava

ele me virou deixando-me de quatro apoiada na mesa e voltou a me penetrar, dessa vez por trás, Gemi de dor e apertei o vidro da mesa, acho que se colocasse mais força a quebraria, depois de alguns minutos daquele jeito acabei apagando.


[  ...  ]


Acordei sentindo algo gelado em cima de mim, abri os olhos e vi que Damon tinha jogado uma jarra de água gelada em cima de mim, levantei sentindo minha cabeça doer e o mundo ao meu redor girar, ele sorriu e veio pra cima de mim me beijando

Damon: já tava com saudades, você desmaiou, não pude nem ouvir teus gritos de dor.

falou com um sorriso sádico no rosto
Me assustei e me afastei batendo minhas costas na parede, ele estava com a arma na mão o que me deixou ainda mais assustada, aproximou-se de mim e desceu a arma pela minha barriga o que me fez arrepiar já que eu ainda estava sem roupa, ele desceu mais a arma e quando vi o que ele estava pensando em fazer pulei em cima dele o beijando, mesmo com o susto ele correspondeu ao beijo, senti nojo de mim mesma, desci minha mão e rapidamente puxei a arma e me afastei

Damon: sua.. sua vadia, então por isso me beijou

falou aproximando-se e eu ergui a arma

Eu: fica longe ou eu atiro
Damon: -rir- como se você tivesse coragem

falou mais próximo e quando vi que ele não ia parar fechei os olhos e apertei o gatilho 


abri os olhos e o vi no chão com um tiro no meio da testa e ...
meu Deus, eu matei uma pessoa, minhas mãos começaram a tremer, eu mal conseguia segurar a arma e nessa hora Justin entrou com tudo, o olhei com os olhos cheios de lágrimas e ele se aproximou de mim pegando a arma da minha mão

Justin: calma

falou me abraçando e logo vi Caio entrar, o mesmo me abraçou e ali, nos braços dos dois, me senti segura, me senti em casa

Justin Narrando

se eu faria do mesmo jeito se soubesse que era a ultima vez? acho que não, vê-lo no chão, morto, sem o sorriso idiota no rosto e as piadas sem graça, confesso que um buraco formou-se em meu peito, ele era como um irmão mais novo, lembro de como o conheci...


Flash Back On

Justin: hey, está tudo bem?

perguntou a Damon ao vê-lo no parque caído no chão

Damon: meu joelho dói, os garotos me empurraram e eu me machuquei

choramingou o pequeno, ambos tinham 9 anos

Justin: vem

falou estendendo-lhe a mão para ajudá-lo a levantar, o levou até sua casa e cuidou de seu ferimento

Justin: melhor? 

entregou-lhe um copo de água 

Damon: sim, obrigado
Justin: de nada -sorri-
Damon: porque me ajudou? ninguém gosta de mim. 
Justin: eu gosto, você parece ser legal
Damon: obrigado -cora-
Justin: -rir- quer jogar vídeo game?
Damon: quero

[ ... ] começaram o jogo e ficaram por horas jogando

Damon: agora somos amigos? 
Justin: sim, amigos -sorri-

Flash Back Off

depois daquilo Damon se mudou e só nos encontramos anos depois, por isso diziamos que só nos conhecíamos a 3 anos

"Os momentos passados ao seu lado, não esquecerei jamais amigo"

falei olhando-o e sai dali junto a Skiler e Caio.


[  ...  ]


 agora, eramos somente nós três , ali estávamos começando a nossa história, a história que
 começou como um Sequestro, mais quem se importa? afinal, o amor é uma dolorosa e 
prazerosa prisão.
Se esse é o final da nossa história? talvez sim, talvez não
um amor em Sequestro é imprevisível.



-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Bom princesas, eu tive que encurtar a história porque fiquei sem ideias, 
GOSTARAM DO FINAL? QUERO RESPOSTA

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Amanhã ou hoje mesmo, eu posto a sinopse e personagens de SUPERAÇÃO
eu sinceramente espero que vocês gostem desse novo IB
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Anônimos, deixem NOME ou TWITTER quando comentarem.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
R E S P O N D E N D O

  • αмєη∂σвσвα мιℓєソ ¢ソяυѕ вєηѕση●• : Obrigado pelo "perfeito" e continuando.
  • ayslla maria: awwn *-* bem vinda a bordo baby, obrigado amore, continuei.
  • ayslla maria: que bom mesmo né, obrigado *-* continuei. 
  • Dani Belieber Rebelde: kkkk, convencida u.u, Obrigado bebê, ta né, puxou a tu,kkk parece mesmo que esqueceu de tomar os teus remedios kkkk,adivinhou tudo kkk, também vou me consultar com ela U-U, continuando tarada. 
  • Digo: owwwn *-* bom mesmo u.u, continuei (=
  • Beki: kkkk awwn *--* também T'amo  e obrigado ♥, haha, te peguei u.u, continuando.
  • Rafaela: te peguei haha', kkk, te devo um coração é? num te dou o meu porque sacoméné, preciso dele pra escrever os imagines kkkk, ownt obrigado baby. *----*, continuando. 
  • Jé: kkk vou marcar uma consulta contigo U.U, Obrigado .
  •  juliana: que bom que voltou *-*, postei (=
  • Anônimo: continuando *-*
  • Anônimo: que bom, continuando.
  • Imagine com Jason Mccann: não morreu õ/ continuando.
  • Justin Bieber : tá viva õ/  continuando (=