17 de jun de 2012

Sequestro Cap 5 ✧


-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

a empurrou na cama com força, a mesma escorregou e caiu sentada no chão chorando, o que fazer? ele era mais forte e nada do que ela fizesse o faria parar.
Damon a puxou e a empurrou contra a cama, pegou a sacola e dela tirou a "surpresinha",um chicote.
bateu contra as costas da garota que gritou de dor.
Damon sorriu e desferiu outra chicotada nas costas da mesma, bateu, bateu e bateu, parou somente ao ver que ela não aguentaria mais, era tão bom tê-la a mercê de si, era tão bom vê-la sentir dor. subiu  na cama e a penetrou por trás, fazia questão de passar a mão pelos ferimentos que avia feito.

Skiler: pa-para -grita-
Damon: -rir- parar com isso?

perguntou apertando o ferimento novamente.

enquanto isso... no quarto ao lado o pequeno Caio hora ou outra encolhia-se nos braços de Justin.

Justin: está ouvindo os gritos não é?

Caio balançou a cabeça positivamente e Justin suspirou tirando os fones de si e do garoto.

Caio: porque não vai ajuda-la? 
Justin: eu não posso -suspira- 
Caio: porque?
Justin: ela prometeu que nos serviria e quando começamos com isso prometemos um ao outro que não nos meteríamos quando um estivesse com a vitima.
Caio: você prometeu, eu não.

falou decidido e levantou-se saindo do quarto

Justin: Caio, não.

gritou Justin o seguindo mais já era tarde de mais, Caio já avia abrido a porta e encontrado Skiler sendo cortada no braço por Damon, sem pensar o pequeno o empurrou com toda força fazendo-o cair no chão.

Damon: seu pirralho , vou te ensinar a não se meter quando eu tiver transando.

falou indo pra cima de Caio, porém, foi impedido por Skiler que entrou na frente do pequeno.

Skiler: ele já vai sair, vamos continuar o que estávamos fazendo, só não o machuque .

falou em desespero, não queria que Damon machucasse seu pequeno

Caio: eu fico no lugar dela, só não a machuque mais

falou chorando

Skiler: não
Caio: depois da minha mãe você foi a única que se importou comigo, eu daria minha vida por você.
Skiler: Caio  -o abraça-
Caio: eu já te amo  -sussurra em meio ao choro-
Skiler: eu também te amo
Caio: me deixa ficar no seu lugar.
Skiler: não, agora Justin tire-o daqui.

falou também chorando, Justin tirou Caio dali e fechou a porta.

Skiler sentiu a abraçarem por trás, suspirou e virou-se encarando Damon.

Skiler: vamos continuar de onde paramos

falou ainda chorando. Damon a segurou pela mão e a puxou deitando-a cuidadosamente na cama. também com cuidado poise por cima da mesma.

Damon: corresponda ao meu beijo

ordenou, com medo do que ele pudesse fazer Skiler obedeceu correspondendo ao beijo quando ele a beijou.
com um sorriso gentil no rosto a penetrou , ouviu um gemido baixo de prazer escapar da boca de Skiler. começou com entocadas lentas, Skiler não sabia o porque de ele está sendo carinhoso, mais tinha que admitir, estava gostando.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O N T I N U A...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
sem tempo pra responder aos comentários, sorry
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Obrigado pelos comentários bebês, amo vocês ♥, votem nas enquetes, anônimos deixem nome ou twitter quando comentarem, novas leitoras sejam bem vindas.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------