19 de mai de 2012

               Garota Indomável |16| ❥


Leiam o aviso no final da postagem.


Volte, volte, volte para mim como
Você faria, você faria se isso fosse um filme,
Fique na chuva lá fora até que eu saia,
Volte, volte, volte para mim como
Você poderia, você poderia se você somente dissesse que está arrependido,
Eu sei que nós podemos resolver isso de alguma forma,
Mas se isso fosse um filme que você estaria aqui agora.



Justin: eu a amo, não queria magoa-la 
Nicole: diga isso pra ela, não pra mim.

Dia Seguinte / 13:00 

Emma desceu as escadas toda sorridente surpreendendo Justin e Nicole, sentou-se a mesa servindo-se em seguida

Emma: bom dia

sorri

Nicole: bom dia filha
Justin: Emma, me desculpe eu.
Emma: desculpa pelo quê Justin? por ter mentido pra mim?  por ter me iludido ou por ter me traído? 

Falou sorrindo deixando Justin e Nicole sem palavras, levantou-se e saiu pela porta, não Emma não estava feliz, mais ela sabia bem que
Não vale a pena sorrir para quem não merece seu sorriso.
Não vale a pena chorar por quem não merece suas lágrimas.
Não vale a pena se matar ou corta-se por um idiota que te fez sofrer ou por uma peça que a vida te pregou.
ela sabia, o melhor jeito para vingar-se de alguém que te fez sofrer é erguer a cabeça e seguir sorrindo, é fazê-la se perguntar porque ainda está de pé, porque está sorrindo, é mostra-la do que é capaz. Oh não, não a vingança melhor.

Justin: Emma espera

gritou Justin indo atrás da mesma, a encontrou um pouco a frente de casa e a segurou pelo braço.

Emma: vai me soltar ou vou ter que te dá um chute?
Justin: me desculpa porra

gritou surpreendendo Emma.

Emma: então o bonequinho sabe falar palavrão?

indagou com ironia, Justin apertou mais o braço de Emma e a puxou contra si
beijando-a em seguida.


Justin: me desculpa

falou assim que ambos separam-se 

Emma: um beijo e um pedido de desculpas não são o suficiente pra eu te perdoar.

falou saindo e deixando Justin sozinho, se achava um idiota, um completo idiota, como pôde ficar com outra enquanto sua Emma estava em coma? como pode fazer isso, é, ele realmente tinha que aprender a pensar antes de agir.

2 Semanas depois.

Nicole: bom dia meu amor

falou Nicole vendo a filha sentar-se ao seu lado no sofá, a mesma estava conversando com Justin, bolando com ele um jeito de ele fazer Emma o perdoa-lo, sim, ele avia sido um canalha, disso ela sabia bem, mais também avia percebido que ele realmente ama sua filha, e tudo o que ela queria era ver Emma feliz.

Emma: eu vou sair
Justin: onde você vai?
Emma: não é da tua conta pinóquio. 
Nicole: onde vai filha?
Emma: vou dá uma volta na praia.
Nicole: tudo bem, só não demore ok?
Emma: isso eu ainda vou decidir.

falou Emma saindo.

Nicole: então, ótima chance pra colocarmos o plano em prática.
Justin: certo, vamos lá.

...

Emma estava parada observando a praia um pouco de longe, sentia o vento soprar seus cabelos  e a tristeza aos poucos tomar conta de si.


Lembra-se vagamente de alguns dos momentos que passou com Justin, porque ele tinha que ser tão idiota.


Aproximou-se mais da praia e sentou-se em uma pedra, as lágrimas desceram por sua face, sozinha apenas deixou que as lágrimas escapassem livremente, Justin estava ali perto vendo sua menina chorar, sentiu-se um lixo, mais ainda não era hora de aparecer. Emma sentiu uma mão tocar seu ombro e virou-se vendo um garoto olha-la, o mesmo lhe entregou uma rosa vermelha e saiu sem dizer nada, Emma não entendeu, levantou-se procurando o garoto e puff, ele avia sumido como em um passe de mágica, de repente 10 garotos apareceram formados em fila, 5 de um lado e 5 do outro, todos estavam com um coração nas mãos, e em cada um dos corações avia escrito a mesma coisa "Eu te amo e preciso de você"
Emma continuou boiando sem entender nada, até ver Justin aparecer entre os 10 garotos.
Emma revirou os olhos, "que cena patética" pensou ela


ia Sair porém, parou ao ouvir seu nome ser chamado.

Emma: o que você quer Justin?

perguntou visivelmente irritada.

Justin: apenas me esculte  -Respira fundo-   Eu não sei o que dizer quando pedir desculpas não é o suficiente. Quando um “eu te amo” não é capaz de te convencer de que eu só posso ser feliz ao seu lado. Eu sei, eu errei. E eu reconheço o meu erro. E eu queria ser capaz de fazer algo para corrigi-lo. Porque eu não suportei te ver chorando. Porque eu só quero te ver feliz, meu amor. E melhor ainda se eu puder ser o motivo da sua felicidade. Mas não, eu sou um idiota. Eu só te trago decepções. Mas, meu amor, acredite… só você é capaz de me fazer feliz. Por favor, não desista de mim. Não desista da gente. Eu sei que o “pra sempre” pode não existir, mas eu acho que ainda é cedo demais para acabar. E por mais que eu diga, palavras não são suficientes para mostrar o quanto eu to arrependido, não são o suficientes para dizer o tamanho do amor que eu sinto por você. Por favor meu anjo, é cedo demais para desistir, Me perdoa? Eu te amo mais que tudo.

O que fazer com uma declaração dessas? Emma estava em choque, chorar? gritar? brigar? sorrir? como agir? eis as questões na cabeça de Emma, Justin pegou uma boque de flores de um rapaz que apareceu atrás de si e caminhou até Emma entregando-lhe o boque, a abraçou e sussurrou em seu ouvido.

Justin: perdoe-me e eu nunca mais te decepcionarei.



Continua..




Estou decepcionada com vocês, esperei 2 dias e tive apenas 8 comentários.

mais também to orgulhosa por vocês estarem comentando o IB da Rafa, fico feliz que tenham a aceitado bem.
Acho que o próximo cap será o último, isso mesmo, Garota indomável está acabando, e sinceramente, quero postar logo o último cap só pra começar a postar Serial Killer, to tão anciosa.
pra quem gosta de sangue, drama, ação e Sexo, MUITO sexo com certeza vai amar Serial Killer, Esse imagine vai ser parecido e ao mesmo tempo diferente dos que já escrevi, li e reli arquivos sobre Serial Killers apenas pra saber o que pensa e como se sente um Serial, mergulhei fundo no assunto só pra escrever o melhor pra vocês.
- AVISO

e como sempre o aviso é sobre a falta de comentários, já pensei muitas vezes em desativar o blog mais você sempre me convencem do contrário certo? certo u.u
Pois bem...
vocês tem obrigação de comentar? Claro que não
Eu tenho obrigação de escrever? Claro que não.
mais como vocês dizem gostar das minhas histórias, deveriam pelos menos comentar, afinal eu faço minha parte e vocês fazem a sua, perdi as contas de quantas vezes peço pra vocês comentarem, mais vocês atendem meu pedido? NÃO
Em Serial Killer se não tiver 20 comentários(no minimo) em cada postagem, eu paro de postar, se eu to fazendo drama? não, apenas estou reconhecendo o meu esforço, não vale a pena gastar meu tempo escrevendo pra postar aqui no blog e quando eu vim olhar só ter 5 comentários, das outras vezes vocês me convenceram a não desativar o blog, mais se continuar assim, eu DESATIVO e NINGUÉM conseguirá me convencer do contrário, esse é o último aviso.