8 de abr de 2012

               Garota Indomável |3| ❥


Eu: eu não sigo as regras e não obedeço ordens,  faço o que quero na hora e no momento em que eu quero, então aprenda agora eu não posso ser domada baby.

falei a última parte em um sussurro sexy e me afastei vendo que ele estava vermelho como um tomate e com os olhos arregalados, ri de seu jeito e entrei no banheiro.

( ... )

1ª Semana depois

Após terminar meu banho e me vestir desci encontrando Justin e Samanta sentados a mesa, sentei na mesma e comecei a me servir.

Samanta: então pirra.... quer dizer Emma, o que gosta de fazer?
Eu: não olhar pra tua cara.
Samanta: olha como fala comigo garota.
Eu: há, vai foder com o primeiro que aparecer e me deixa em paz.

falei levantando-me e subindo as escadas, estava disposta a ir embora, não vou ficar em lugar no qual uma vaca não gosta de mim. na verdade não é por isso que vou embora, vou embora porque se eu ficar vou acabar matando-a  e não vale a pena ser presa por alguém como a Samanta. comecei a arrumar minha mala depois que terminei ouvi a porta do quarto sendo aberta e fechada logo em seguida. me virei e vi Justin me encarando.

Justin: onde você vai? já é noite!
Eu: vou embora
Justin: aé? e onde vai ficar?
Eu: no orfanato 
Justin: eu já assinei os papeis, sou oficialmente seu pai, ou seja, não irão te aceitar lá.
Eu: então vou morar de baixo da ponte.
 falei e fui em direção a porta pra sair mais Justin  entrou na minha frente.

Justin: desculpe a Samanta Emma,  ela só está um pouco abalada porque a três meses atrás perdeu o nosso filho que ela estava esperando.

falou com pesar na voz e com os olhos lacrimejando

- adotei você pra fazer companhia a ela aqui em casa e...

o interrompi

Eu: olha eu não to nem ai pra esse filho idiota que ela perdeu, quero que se foda você, ela e esse filho idiota. to pouco me fodendo pra vocês.
Justin: você não tem coração? 
Eu: A maior virtude de ser frio, é justamente não ter um coração.
Justin: como pode?

falou deixando que algumas lágrimas caíssem e saiu do quarto logo em seguida.

Narração de fundo

Emma deixou que sua mala caísse no chão e sentou-se na cama respirando fundo e passando a mão em seus cabelos.
pela primeira vez na vida Emma avia se arrependido de algo que falou, ela sabia que tinha que pedir desculpas mais seu orgulho era grande de mais pra fazer tal coisa,  ela sabia que não tinha o direito de falar de uma criança, de falar de um anjinho que nem se quer avia nascido, mesmo sendo uma Garota indomável Emma sabia que tinha passado dos limites, Ela era ciente de tudo que fazia, sabia quando tinha ou não que pedir desculpas, e bom... esse era o caso.
Emma respirou fundo e saiu de seu quarto caminhado pelo enorme corredor da mansão que estava em total silêncio, exceto pelo barulho de alguém chorando. Emma abriu a porta do quarto de Justin o encontrando sentado na cama de cabeça baixa chorando, seu coração apertou ao ver a cena, mesmo sendo como é, odiava ver as pessoas chorarem por sua culpa, Emma entrou no quarto e sentou-se ao lado de Justin colocando a mão em seu ombro fazendo o mesmo a olhar.

Emma: me desculpe Justin, sei que eu não tinha o direito de falar do seu filho daquele jeito, sinto muito.
Justin: você não tinha o direito.
Emma: eu sei e sinto muito por isso.

Justin não respondeu apenas a abraçou, no começo Emma não sabia bem como agir mais logo retribuiu o abraço, ela não gostava de coisas melosas como abraços, beijo e etc... 
mais retribuiu o abraço apenas por saber que ele estava daquele jeito por sua culpa.


Continua...


Esse cap foi bem grande
olha amores, quando eu falo mais de 20 comentários eu não quero dizer 21 coments ok? algumas reclamaram pelo cap anterior ter sido pequeno, mais só foi porque tinha apenas um comentário a mais de 20.

15 comentários ou menos  "Cap pequeno"

15 a 20 comentários "Cap médio"
Mais de 20 comentários "Cap Grande"
espero que tenham entendido bebês
------
Avril mais Bieber: ela tem algumas características que são minhas, tipo o jeito frio e a lingua grande, a diferença é que só sou fria com merece.
--
Érica: Emma tem 18 anos, mais no orfanato só era considerada de maior com 20 anos, ou seja, esse é o motivo pelo qual ela nunca saiu de lá.
--
LarisaR: sou bem parecida com a Érica de complicated, na verdade ela foi inspirada em mim, e também tenho algumas características da Emma.

Não tenho respondido aos comentário porque a maioria deles só tem "continua" ou seja, não tenho o que responder.

Novas leitoras, Sejam bem vindas bebês *-*