1 de abr de 2012

TPM 2ª temporada | eu a amo | {6}



Cheguei lá, parei na porta e fiquei observando SM, ela estava sentada em um banco, parecia preocupada ou algo parecido. Entrei...


SM- achei que não viesse mais.

como é que é? como ela sabia?

Eu- sabia que eu vinha? 

perguntei dando vida aos meus pensamentos.

SM- não, mais sabia que estava me procurando e que uma hora ou outra iria me encontrar.

Falou calmamente, saquei minha arma e fui pra frente dela, apontei minha arma pra sua cabeça e ela levantou-se me encarando.

Eu- foi ingenuidade sua sair desarmada.
SM- não achei que fosse precisar de uma arma, pelo menos não agora.

disse ela e rapidamente chutou minha mão fazendo-me derrubar a arma que foi parar longe, ela ia chutar meu rosto mais abaixei e lhe dei uma rasteira, ia chutar sua barriga mais ela colocou a mão no meio, ela levantou e no mesmo instante chutou minha barriga me fazendo bater contra a parede bruscamente, senti minhas costas arderem, a raiva me subiu a cabeça, dei uma rasteira nela novamente e antes que a mesma se levantasse  a puxei pela blusa, a prendi contra a parede sem dar chance pra ela escapar, apertei meu braço contra seu pescoço e puxei minha faca e a encostei também em seu pescoço.

Eu- suas últimas palavras.

ela deixou lágrimas escaparem, só ai percebi o quanto ela estava assustada, SM? assustada? isso é realmente estranho.

Eu- tem algum argumento pra que eu não te mate? 

ela não respondeu nada, apenas continuava a me olhar enquanto as lágrimas caiam, eu realmente não tava entendendo absolutamente nada, forcei a faca contra seu pescoço.

SM- espera...

falou em um sussurro.

Eu- vai me dar um motivo pra não te matar?
SM- estou grávida de um filho seu.

falou pausadamente, e eu? bom.... fique mais perdido que cego em tiroteio, deixei a faca cair de minhas mãos e me afastei, fiquei a olhando por um tempo e agradeci mentalmente por ela ter me dado um motivo pra não mata-la, quem eu quero enganar? admito logo, eu a amo.
sorri, ia abraça-la mais de repente os vidros do centro de treinamento foram quebrados por 10 homens de preto.



SM Narrando 



levei um susto quando homens de preto entraram, enxuguei minhas lágrimas e peguei a arma de Justin que estava jogada no chão, caminhei até eles mais um dos caras me impediu de chegar perto de Justin.

SM- sabe quem eu sou?

perguntei ao cara que me impediu.

Cara- é uma garota que está atrapalhando meu trabalho.
SM- não, sou SM

falei e ele arregalou os olhos e se afastou, não dei tempo que ele falasse, apenas atirei em sua cabeça. comecei a atirar.

 

acertei 7 deles mais 3 fugiram levando Justin junto.


( ... )


SM- RYAN

gritei entrando em casa, o vi descer com os cabelos bagunçados e sem camisa, se fosse em outro momento eu até o agarraria, mais esse não é momento pra isso.

Ryan- o que foi SM? quem morreu?

perguntou rindo.

SM- Justin tem inimigos?
Ryan- claro que não SM, ele é o cara mais amado do mundo

falou com ironia, o puxei pelo braço e o prensei na parede apertando seu pescoço com meu braço.

SM- fala porra, quem é o pior inimigo do
Justin?

gritei.

Ryan- calma SM, o Justin tem um pior inimigo, Charles, Justin matou a filha dele porque ela o traiu, desde então Charles procura Justin, Justin esses dias descobriu onde fica a mansão esconderijo do Charles.
SM- onde fica?
Ryan- fora da cidade, depois do galpão, é uma mansão enorme, você vai avistar de longe.
SM- valeu.

o soltei e subi pro meu quarto, sentei na cama respirando fundo, depois de poucos minutos levantei, tomei um banho rápido, prendi meu cabelo em um rabo de cavalo depois me vesti.


Estou pronta pra enfrentar Charles.


( ... )



Continua...


Comentem / 15 comentários


tá legal bebês, vocês me convenceram, vou postar Garota indomável, logo depois do cap final dessa temporada, acho que esse IB tem só mais 1 cap.


Ganhei um selinho *-*


Estou super feliz
quem me deu esse selinho foi essa fofa aqui
Obg amor, valeu mesmo, amei o selinho ♥


Iza não vai poder responder os comentários, desculpem minhas bebês lindas
mais obrigado pelos 19 comentários. *-*