5 de mar de 2012

Fuck you Cap 18


ele disse e saiu, subi pro quarto e quando abri a porta vi Jason transando com Helena na "nossa" cama, tentei fechar a porta sem barulho mais desastrada como sou bati o pé na porta e acabei chamando a atenção pra mim, fechei a porta rápido antes que Jason falasse algo, fui pra bibliótica e me sentei em frente aquela enorme janela, as lágrimas caiam e lavavam o meu rosto, e no meu peito um buraco vazio, dói, dói amar, principalmente alguém como Jason, mais eu fui boba, como pude me apaixonar por Jason Mccann?

levantei do chão onde estava sentada e fui até um pequeno armário que tinha no canto da bibliótica, abri e tinham alguns objetos como facas, armas, agulhas e etc...
peguei uma faca e me sentei novamente em frente a enorme janela. e se meu coração fosse arrancado? a dor passaria? peguntei a mim mesma.
passei a faca entre meus seios, mais pro lado esquerdo,não foi um corte pro fundo mais foi o suficiente pra mim soltar um gemido de dor, não, eu não queria me matar, eu só queria que aquela dor passasse, eu ia passar a faca novamente em meu peito mais ela foi puxada da minha mão bruscamente, me levantei rápido e vi Jason.
Jason: tá tentando se matar? tá maluca?
Eu: não é da sua conta
eu disse e em um movimento rápido tomei a faca de suas mãos.
Jason: me dá isso Anne
ele disse vindo em minha direção, apontei a faca pra ele.
Eu: fique longe de mim
eu disse entre as lágrimas e ele se afastou, peguei a faca e passei em minha barriga, Jason gritou como se tivesse sido nele, seus olhos transmitiram preocupação, passei a faca em meu pulso, não foi um corte profundo, mais foi o suficiente pra me deixar um pouco fraca.
Jason: para Anne, por favor, não faz mais isso
ele disse em desespero e eu sorri de lado, passei a faca no meu outro pulso e Jason gritou novamente.


Jason Narrando


a cada corte que ela fazia em sí mesma era como se fosse em mim, eu admito, a amo, só não sei demostrar.
Chaz: Jason eu.... ai meu Deus, Anne
ele gritou assim que entrou, seus olhos começaram a lacrimejar ao ver o estado que Anne estava e tenho certeza que eu não estava diferente dele.
Chaz: minha pequena, solta essa faca.
Ela fechou os olhos fortemente e depois os abriu.
Anne: eu só quero que a dor passe Chaz
ela disse entre as lágrimas
Anne: promete que vai fazer a dor passar Chaz?
ela pediu de um jeitinho que partiu meu coração, porque eu sei, eu sei que a culpa é minha.
Chaz: eu prometo minha pequena
ele respirou bem fundo e soltou a faca, corri até ela e a abracei sem me importar se me sujaria de sangue ou não
Eu: meu amor
sussurrei em seu ouvido pra que apenas ela escultasse.
Chaz: me deixa ficar com ela Jason
Eu: não
Chaz: olha o estado dela, chama um medico
ele disse e eu assenti, por incrível que pareça eu não discuti, apenas sai o deixando com ela, fui chamar um medico de minha confiança, só queria que Anne ficasse bem.


( ... )


Entrei no quarto logo depois que o medico saiu, Anne estava no colo do Chaz, ele acariciava seus cabelos enquanto sorria,ela estava dormindo, ele realmente a ama, nunca o vi assim antes, ela estava com faixas em volta da cintura e nos braços, estava apenas de bermuda e sutiã,provavelmente pra não muchucar os ferimentos.
Eu: Chaz eu quero ficar com ela
Chaz: não, ela tá assim por sua culpa, porque não vai comer a Helena e deixa a Anne em paz
ele cuspiu as palavras na minha cara praticamente gritando.
Eu: olha como tu fala comigo seu otário, abaixa o tom de voz antes que eu dê um tiro na tua cabeça
falei no mesmo tom que ele
Chaz: desculpa Jason, apenas me preocupo com ela
respirei fundo e sentei perto dele
Eu: eu sei
ele levantou com Anne nos braços e a colocou em meu colo, deu um beijo em sua testa e saiu, me ajeitei na cama e coloquei Anne por cima do meu corpo, fique acariciando seus cabelos e acabei adormecendo.




( ... )


acordei com Anne se mexendo em cima de mim, ela abriu os olhos e quando me viu os fechou novamente.
Eu: o que foi? tudo bem?
ela não respondeu
Eu: tá tudo bem Anne?
ela continuou sem responder
Eu: tá tudo bem porra? responde caralho
gritei e a empurrei de cima de mim fazendo-a parar na ponta da cama, ela me olhou assustada e com os olhos lacrimejando, tá legal, to começando a acreditar na ipotese dela de que sou bipolar, não queria machuca-la muitos menos assusta-la.
Eu: me desculpa Anne, mais porque não respondeu?
Anne: eu só queria aproveitar o momento em que você tava sendo legal comigo
ela disse com uma vozinha de choro e deixou uma lágrima escapar, a puxei pro meu colo, ela enfiou o rosto em meu pescoço, o que me surpreendeu porque achei que ela fosse me empurrar, fiquei um tempo com ela ali, até ela se levantar.

Eu: onde você vai?
Anne: fazer minha higiene
ela disse sorrindo e me deu um beijo no rosto indo em direção ao banheiro, só de ve-la de bermuda e sutiã já fiquei excitado, sai do quarto indo em direção ao da Helena, amo a Anne mais preciso me aliviar e não vou fazer isso sozinho, entrei no quarto e vi Helena saindo do banheiro apenas de toalha.
Helena: oi Jason, o que você quer?
Eu: adivinha
eu disse e ela sorriu maliciosamente, fui até ela e a prensei na parede e tirei sua toalha a jogando em qualquer canto do quarto.

Anne narrando

sai do banheiro e não vi mais Jason, fui ao closet, coloquei uma roupa leve pra não machucar meus ferimentos, queria sair um pouco, tomar um sorvete *-*
sai do quarto
Eu: JASON, JASON
gritei mais ele não respondeu, comecei a abrir todas as portas pra tentar encontra-lo

Jason Narrando

tava no bem bom com a Helena até ouvir Anne me chamar, sai rápido de perto da Helena, vesti minha cueca e comecei a vestir minha bermuda, bem na hora Anne abriu a porta sorrindo mas seu sorriso se desmanchou quando me viu vestindo a bermuda e a Helena na cama pelada.
Eu: Anne
Anne: já entendi
ela disse sorrindo de lado e saindo logo em seguida
droga, é nessas horas que eu queria que ela fosse burra

Anne narrando

cara que raiva, tava tão feliz por ter acordado com Jason, poxa, ele tem que sempre estragar tudo?
entrei no quarto, tava nervosa, peguei um copo de água na mesinha.


fiquei andando de um lado pro outro, tava desimpaciente. peguei o copo e o taquei contra a parede



Continua....

mais de 20 comentários e eu posto o cap 19

 
minhas vaquinhas mais lindas do mundo *-*
obrigado pelos 30 comentários, fiquei tão feliz =D
quero chegar aos 150 seguidores
quem me ajuda?
desculpem mais hoje não vai dá pra responder aos comentários
to meio sem tempo =(
DESCULPEM
-Recado pra Dani-

Dani, eu sei que sua vida não é perfeita, mais acredite, a vida de ninguém é, todos temos altos e baixos, mais acredite, acabar com a sua vida não é a melhor solução, você tem que entender que fazendo o que você faz não está machucando só a si mesma mais também a todos que te amam, e não adianta dizer: ninguém me ama
porque eu sei que isso não é verdade
apenas erga a cabeça e seja forte
uma hora vai melhorar
acredite, eu sei do que estou falando.