22 de fev de 2012

Fuck you Cap 12


Chaz: vem calar 
ele disse se levantando, peguei uma das minhas armas que eu escondia na  gaveta da mesinha e apontei pra cabeça dele, quando destravei a arma Anne entrou na frente dele.
Anne: não faça nada com ele, eu falo com você
ela disse e eu assenti, guardei minha arma, ela subiu na frente e eu a segui, ela entrou no quarto e sentou no enorme sofá, sentei na cama e fiquei 
fitando-a


Eu: Anne, me desculpa por ontem, eu juro, juro que foi sem querer.
Anne: vou te perguntar de novo, como alguém estupra uma pessoa sem querer?
Eu: eu juro que foi sem querer, eu tava sobre o efeito de drogas, me desculpa?
Anne: e se você decidir me bater, me estuprar de novo quando tiver drogado?
sentei ao lado dela
Eu: eu prometo que paro de usar drogas, então... me desculpa?
Anne: tudo bem!
ela sorriu
me aproximei dela devagar e a beijei, minha língua pediu passagem para sua boca e ela cedeu, puxei-a pela cintura pra mais perto de mim, paramos o beijo pela maldita falta de ar, me afastei e fiquei a olhando.
Anne: Chaz, Chaz.
ela gritou, depois de alguns segundos Chaz entrou no quarto correndo.
Anne: quero mingau Chaz
ela disse com uma voz um tando fofa
Chaz: como é que é? eu vim aqui correndo pensando que o Jason tava te matando e quando chego aqui é só você querendo mingau?
Anne: é
ela disse e comecei a rir do Chaz, ele se deitou no chão com braços e pernas abertas, Anne sentou na barriga dele.
Anne: vai fazer mingau pra mim? 
ela disse fazendo bico e eu só os observava.
Chaz: nao vou fazer
Anne: você não me ama
ela disse fazendo cara de choro, ela é manipuladora, gostei disso.
Chaz: tá bom, eu faço
ele disse bufando, levantou-se com ela no colo, veio até mim e a colocou em meus braços, ela se ajeitou, descemos, Chaz fez o mingau, sentei Anne no balcão da cozinha, Chaz entregou o prato com mingau pra ela, seus olhos brilharam, ela comia aquilo de um jeito tão satisfatório, era nojento mais parecia bom.
Anne: quer?
Eu: isso é nojento
fiz cara de nojo
Anne: experimenta 
Eu: tá bom, me dá
ela me deu um pouco e hum... é gostoso
Eu: quero mais
Anne: vai ficar querendo u-u
Chaz: também quero
Anne: aff, tá bom.


( ... )


Eu: chaz, quero que você vá até o galpão pegar umas vadias pra minha boate
Chaz: blz, to indo, tchau pequena
ele disse dando um beijo na testa dela e saindo, fiquei conversando com a Anne até alguém entrar na cozinha, não acreditei.
Eu: Ashley? o que faz aqui?
Ashley: vim te ver amor
ela disse se aproximando, ela me beijou, eu podia te-la empurrando, mais não, eu apenas retribui o beijo


Anne narrando


não acredito, a gente tava aqui, numa boa, e ele beija essa vadia, tá legal, foi ela que beijou ele mais ele podia ter recusado, ter a empurrado, mais não, ele apenas a puxou pra mais perto. não chora, não chora, não chora, foi o que repeti pra mim mesma mais acho que não deu muito certo, desci do balcão e sai da cozinha o mais rápido que pude, as lágrimas começaram a descer sem minha permissão, entrei no quarto e dei de cara com o Erick
Eu: o que faz aqui? 
Erick: vou fazer contigo o que não consegui antes
Eu: sai daqui, agora
gritei
Erick: da outra vez Chaz te ajudou, mais ele não está aqui agora.
ele disse se aproximando e me puxando me prendendo contra o seu corpo, tentei me soltar mais por ele ser mais forte foi uma tentativa em vão.

Continua....

Leiam também: http://imaginecomjustinbieber-gleicy.blogspot.com/

desculpem se esse cap ficou pequeno e ruim
é que fiz as pressas 
Erick é um tarado e Jason um safado U-U
Dani, bem vinda de volta Vidinha *-*
juro que vou tentar fazer caps maiores 
se continuar com poucos comentários não vou fazer a segunda temporada de treinada para matar, por fala nisso, essa é capa da segunda temporada amores.