18 de fev de 2012

Fuck you Cap 9


Kevin: você é a garota mais linda que já vi.
Eu: se tivesse dito isso antes teria me ganhado a mais tempo -Sorri-
ele acariciou o meu rosto e se aproximou lentamente, nossos lábios se tocaram, ele me puxou pro seu colo com cuidado, era como se eu fosse feita de vidro e ele estivesse com medo de me quebrar, entrelacei minhas pernas em sua cintura, ele começou a passar as mãos por minhas costas, quando estava prestes a subir minha blusa a porta foi aberta bruscamente, paramos o beijo assustados, olhei e vi Jason, ele estava furioso, ele atirou no Kevin que caiu ao meu lado, comecei a chorar, Jason veio até a gente e bateu com a arma na cabeça do Kevin, ele desmaiou na hora, Jason o jogou no chão junto com sua arma e ficou por cima de mim.
Eu: o que tá fazendo?
falei desesperada
Jason: quer foder com ele né vadia? pois agora vai foder comigo.


Eu: Jason não faz isso, por favor!
Jason: não faz isso o caralho, não queria foder? pois agora você vai.
Eu: Jason, seus olhos, estão vermelhos, o que você fez? você...não acredito
Jason: cala a boca
ele gritou dando um tapa em minha cara.
ele estava com os olhos vermelhos, parecia ter usado drogas, ele arrancou minha roupa, tirando a dele logo em seguida, ele apertou seu corpo contra o meu.
Eu: para seu idiota, me solta
gritei enquanto chorava desesperadamente.
Ele começou a me entocar com força e brutalidade, aquilo não me proporciona prazer e sim dor, muita dor.
Eu: Jason -pausa- para -pausa- tá me machucando
falei pausadamente, tentava sair de seus braços, mais era uma tentativa #fail, pois ele era muito mais forte do que eu, depois de um tempo lutando já não tinha mais forças, apenas chorava enquanto ele sentia prazer com a minha dor, senti-o gozar dentro de mim, ele levantou sorrindo e foi pro banheiro, me encolhi na cama, senti um liquido quente escorrer por minhas pernas, olhei e vi sangue, sangue? esse canalha conseguiu arrancar sangue de mim? senti uma enorme dor na minha barriga, a dor foi tanta que apaguei.


( ... )


Jason narrando

depois de meia hora sai do banheiro, já não estava mais sobre o efeito das drogas, vi Anne encolhida na cama, ela tava sangrando, meu Deus o que eu fiz? fui até ela e a peguei no colo, entrei no banheiro e a coloquei na banheira, liguei pros meus capangas mandarem vir limpar essa bagunça, banhei-a rapidamente, sai com ela do banheiro, a deitei na cama, vesti uma calcinha e uma blusa minha nela, a ajeitei na cama e a embrulhei, deitei ao seu lado e segurei sua mão a acariciando com o meu polegar, não acredito no que fiz, eu sou um canalha, safado, idiota, mais não sou estuprador, eu fiz isso porque tava sobre o efeito das drogas, só por isso, fiquei a observando, acabei pegando no sono.


( ... )


Acordei com o vento frio entrando pela janela, merda, esqueci de fecha-la, observei Anne que dormia calmamente, levantei, fui ao banheiro, fiz minha higiene depois desci, peguei uma bandeja de café da manhã e um comprimido caso ela sinta dor, subi novamente e no caminho encontrei Mandy, a garota que Gustavo tinha mandado pra me divertir outro dia, ela tava só de calcinha e sutiã, o que me fez morder os lábios, ela veio até mim com um sorriso malicioso e me prençou na parede.
Eu: depois cuido de você vadia.
Mandy: to esperando de pernas abertas
Eu: não seria braços abertos?
Mandy: no meu caso não
ela disse piscando e entrando no quarto
fui pro quarto e quando entrei Anne já estava acordada sentada na cama, coloquei a bandeija no criado mudo e sentei ao lado dela, ela arregalou os olhos e se afastou.
Eu: Anne, me desculpa por ontem, não foi por querer
Anne: como alguém estupra uma pessoa sem querer?
ela disse com os olhos lacrimejando
Eu: eu tava Drogado Anne, tava fora de mim, não sabia o que tava fazendo.
Anne: como você pôde Jason, eu te odeio Jason Mccann
tá legal, não gostei de ouvir essas palavras, por algum motivo desconhecido não gostei.
Eu: foi sem querer Anne
eu disse chegando perto dela, ela se afastou e acabou caindo da cama, ela se arrastou até chegar perto da parede, ela se encolheu e abraçou as pernas.
Eu: Anne
eu disse baixo tentando me aproximar dela, mais ela só chorava, via medo em seus olhos, abaixei perto dela e passei as mão em seus cabelos.
Eu: o que eu faço pra você me perdoar?
Anne: fica longe de mim? -susurrou-
Eu: não posso
Anne: por favor Jason
Eu: não
eu disse alterando o tom de voz
Anne: por favor, você só tem que ficar longe de mim.
Eu: não porra.
disse dando um tapa em sua cara, ela me irritou, ela agora começou a chorar mais ainda.
Eu: cala a boca vadia 
Gritei levantando a mão pra bater nela
Anne: CHAZ, CHAZ.
ela gritou o mais alto que pôde,  quando ia dá outro tapa nela Chaz entrou no quarto, quando o viu ela levantou e correu pulando no colo dele enquanto chorava, ficou como um bebê no colo da mãe.
Chaz: o que fez com ela Jason?
Chaz perguntou irritado. 




continua...

mais de 15 comentários e eu posto o cap 10


Leiam também:

Jason ser um safado Bipolar U-U
desculpa amores pelo cap horrível
é que a preguiça me dominou, e sacoméné
e só pra constar, eu sei que mais de 5 comentários foram da mesma pessoa, eu nem ia postar, mais não seria justo com minhas outras vaquinhas
mais da próxima, mesmo que tenha 100 comentários, se for da mesma pessoa vou considerar com 1 só, blz? blz ú-ú.