17 de fev de 2012

Fuck you Cap 8



Senti mãos sobre minhas coxas, abri os olhos lentamente e vi Jason, arregalei os olhos e me afastei.
Eu: tá maluco Jason?
Jason: vem aqui vadia, satisfaz meu desejo
ele disse me puxando e ficando por cima de mim, ele segurou meus braços acima da cabeça apertando meus pulsos com força.
Eu: me solta Jason -gritei-
Jason: fica quieta vadia
ele deu um chupão no meu pescoço, depois beijo minha boca, mordi seus lábios os apertando até sentir o gosto do sangue, ele afrouxou um pouco meus pulsos.
Eu: sai de cima de mim seu filho da puta
eu disse gritando e o empurrando bruscamente de cima de mim, corri até a porta, tentei abri-la mais Jason me puxou antes.
Jason: do que tu me chamou sua cadela do caralho? tu sabe que dizendo isso não me ofendeu mais sim a minha mãe.
ele disse dando um tapa na minha cara me fazendo cair no chão, ele me levantou pelos cabelos e tacou minha testa na parede, senti o sangue descer pelo meu rosto, cai no chão meio tonta, ele me levantou novamente e me jogou contra a porta, senti minhas costas arderem, ele me deu um chute perto do rosto, depois me deu um chute na barriga fazendo meu corpo ir pra trás, procurei por um ar que não encontrei, meus olhos foram se fechando, a última coisa que vi foi Jason se abaixando ao meu lado.



Jason narrando

droga, droga, droga, droga, mil vezes droga, perdi o controle totalmente, mais o que ela falou ofendeu a minha mãe, vadia, peguei-a em meus braços e a levei até o banheiro, banhei-a rapidamente, coloquei uma calcinha e uma blusa minha nela, a deitei na cama e a embrulhei, fui pro outro quarto, me deitei e adormeci.


( ... )


Dia seguinte

Anne narrando

acordei com uma dor de cabeça horrível, abri os olhos e vi Jason sentado perto dos meus pés, me afastei um pouco, covarde idiota, BIPOLAR maluco
Jason: Anne eu, er... foi mal por ontem, me desculpa.
Eu: o que você é ? maluco? bipolar? idiota?
Jason: hã? como assim? do que tá falando?
Eu: você tirou minha virgindade me fazendo ser a garota mais feliz do mundo, no dia seguinte, você me ignora, age como se nada tivesse acontecido, tenta fazer sexo comigo a força, me bate e agora vem pedir desculpas?
eu disse chorando
Jason: quer saber, vai se foder garota, to tentando te pedir desculpas e tu me dando patada, e se prepara, Gustavo mando um amiguinho dele pra te dar um trato.
ele disse com um sorriso amedrontador, ele saiu do quarto batendo a porta, agora sim eu tava chorando, o medo me consumiu, levantei da cama e sentei no sofá em frente a janela, abrasei meus joelhos apoiando minha cabeça sobre os mesmos, fiquei olhando pra fora enquanto as lágrimas desciam constantemente, ouvi a porta sendo aberta e fechada logo em seguida, fiquei com medo de olhar e ver um monstro, mais eu tinha que olhar, tinha que ver quem é esse tal amiguinho do Gustavo, virei minha cabeça lentamente e vi não um monstro mais sim um garoto lindo, mais boniteza não quer dizer nada, afinal, Jason é perfeito e ainda assim é um canalha, ele sentou a minha frente e passou a mão em meu rosto tentando enxugar  minhas lágrimas
Eu: o que vai fazer comigo?
disse temendo sua resposta.
Xx: o que aconteceu com a sua testa? o canalha do Jason te bateu?
Eu: o que vai fazer comigo?
perguntei novamente, dessa vez mais aflita
Xx: eu tava pensando em nós assistirmos um filme, depois podemos falar um pouco um sobre o outro, depois podemos assistir bob esponja.
ele disse sorrindo,sorri automaticamente, ele não é um monstro, é só um bobo, um bobo fofo, ele levantou e me puxou pela mão, nos deitamos e colocamos um filme pra assistirmos.
o filme terminou, ficamos falando um pouco um sobre o outro, descobri que o nome dele é Kevin, depois de um longo tempo conversando decidimos assistir bob esponda *-*, nos sentamos com as costas encostadas na cabeceira da cama, durante o desenho ele fingiu bocejar e passou os braços por cima dos meus ombros, tentei segurar mais não deu, comecei a rir, ele se afastou e me olho indignado 
Kevin: qual é, via isso nos filmes e sempre tive vontade de fazer
ele disse rindo junto comigo
Eu: não deveria ter feito isso durante o filme?
Kevin: é que eu esqueci 
ele disse coçando a cabeça e fazendo uma cara engraçada.
Eu: bobo
Kevin: mais e ai gata, gosta de peixe?
ele disse erguendo uma sobrancelha, não entendi a pergunta mais respondi. 
Eu: gosto
Kevin: prazer, moleque piranha
comecei a rir descontroladamente da cara dele.
Eu: fala sério, que piada mais tosca
eu disse e ele caiu na risada junto comigo.
Kevin: tudo bem, tudo bem, Então gata... seu pai é padeiro?
Eu: é, porque?
Kevin: bom... porque você é um so... aaa você estragou a minha cantada
ele disse fazendo bico
Eu: awn tadinho dele
eu disse apertando suas bochechas o fazendo rir
Kevin: vamos ao que interessa, gatinha você pega ônibus?
Eu: Õ-o pego
Kevin: prazer, ônibus
rir mais ainda dele
Eu: essa piada é pior do que a do peixe
eu disse entre risadas, ele me olhou nos olhos me fazendo parar de rir e o encarar, ele segurou minha mão.
Kevin: você é a garota mais linda que já vi.
Eu: se tivesse dito isso antes teria me ganhado a mais tempo -Sorri-
ele acariciou o meu rosto e se aproximou lentamente, nossos lábios se tocaram, ele me puxou pro seu colo com cuidado, era como se eu fosse feita de vidro e ele estivesse com medo de me quebrar, entrelacei minhas pernas em sua cintura, ele começou a passar as mãos por minhas costas, quando estava prestes a subir minha blusa a porta foi aberta bruscamente, paramos o beijo assustados, olhei e vi Jason, ele estava furioso, ele atirou no Kevin que caiu ao meu lado, comecei a chorar, Jason veio até a gente e bateu com a arma na cabeça do Kevin, ele desmaiou na hora, Jason o jogou no chão junto com sua arma e ficou por cima de mim.
Eu: o que tá fazendo?
falei desesperada
Jason: quer foder com ele né vadia? pois agora vai foder comigo.

Continua...

só posto quando tiver 20 comentários 

Leiam também:

Bom amores, não sei quando vai ter os 20 comentários, então se eu demorar pra postar a culpa não é minha.
por que minhas leitoras estão sumindo? o que tá acontecendo? vocês podem até pensar que não percebo, mais eu sinto falta de cada vaquinha que comentava antes e hoje não comenta mais, fico triste com isso =(
Minhas VIDAS quando quizerem que eu responda aos comentários é só vocês me dizerem, lembrando, só respondo aos comentários que tiver mais que continua.
Dani to preocupada com vc.