11 de jan de 2012

Treinada para matar cap 10/peguem-na




Justin- onde vai assim?
SM- vou matar o chefe, hoje e agora.


Justin- eu vou com você.
SM- não mesmo, você fica aqui.

Justin- porque?
SM- porque é muito perigoso.

Me afastei dele sai e bati a porta.

Enquanto eu me aproximava do hotel do chefe os 2 seguranças(capangas) que estavam na frente me olhavam dos pés a cabeça, parei perto deles.

SM- o chefe está me esperando. -Menti-
Segurança 1- vou ligar pra ele e perguntar.
SM- ligue e eu mesma falo com ele.

Ele ligou e me entregou o celular.

SM- olá chefe, tenho certeza que ficar nesse hotel é um tédio, que tal uma festinha a 2?

Ele não respondeu.
o segurança tomou o celular de mim, falou alguma coisa nele e disse que eu podia entrar. E assim fiz.

Cheguei ao segundo andar, fui caminhando naquele corredor até avistar 10 seguranças(capangas) em frente a uma porta, aquele provavelmente era o quarto do chefe.
Os 10 seguranças(capangas) me olharam e morderam os lábios, Entrei no quarto...
Tinha um homem sentado em uma poltrona com 2 prostitutas nas pernas.

SM- achei que fosse uma festinha a dois.

Ele atirou nas duas garotas que estavam nas pernas dele, Ele consegue ser mais frio do que eu.
Ele levantou e veio até mim, o parei colocando meu dedo em seu peito, Ele tinha uma aparência jovem, Bem diferente do que eu esperava, Ele tinha cabelos pretos e arrepiados, olhos castanhos, corpo sarado, uma pele morena clara, O empurrei até uma cama que tinha ali.

SM- onde tem brinquedinhos?

Ele apontou pra uma mesa com gavetas, Abri e peguei duas algemas e duas cordas, O algemei na cama e amarrei seus pés também a cama, Sentei em sua barriga o olhando, desabotoei sua blusa e beijei seu peito, coloquei uma mordaça em sua boca.

SM- bom chefe, acho que é um ADEUS.

Ela arregalou os olhos e tentou se soltar mais é claro, foi envão, peguei o travesseiro e apertei contra a testa dele, peguei a arma e apertei contra o travesseiro e atirei, fiz a mesma coisa dessa vez contra seu peito, porque o travesseiro? pra abafar o som do tiro pois infelizmente minha arma não tinha silenciador.
Depois de mata-lo joguei o travesseiro sujo de sangue em baixo da cama, guardei as algemas e as cordas no lugar, guardei minha arma.
Virei ele e o embrulhei para que parece-se está dormindo, Rasguei um pouco meu vestido, baguncei meu cabelo e soltei uns gemidos para que parece-se estarmos fazendo algo.
Sai do quarto e parei em frente aos seguranças.

SM- chefe disse que não quer ser incomodado.

Eu disse e sai andando tranquilamente, Peguei o elevador e desci,quando cheguei na recepção a recepcionista tava no telefone, ela me olhou e logo gritou.

Recepcionista- "peguem-na" 

Os 2 seguranças(capangas) que estavam do lado de fora entraram rapidamente, Atirei neles, logo depois atirei na recepcionista.

SM- isso é pra você aprender a não dizer: Pegue-na. -A imitei-




Continua... 15 comentários.


Thata dei uma olhada no seu blog e adorei *-*
Minhas vaquinhas hoje não vai dar pra responder aos comentários, sorry.